Boas Práticas Agropecuárias

A base da agricultura moderna, é equilibrar exigências agronômicas e de mercado com a adoção de Boas Práticas Agropecuárias-BPA para a obtenção de produtos seguros e pode ainda ser um componente de competitividade, com todas as consequências econômicas (maior qualidade, acesso a novos mercados e consolidação dos atuais, redução de custos, etc.) ,

Uma agropecuária sustentável deve equilibrar as cinco dimensões: Tecnológica, Ambiental, Econômica, Social e Gestão/Administração, de forma a ampliar os impactos positivos e reduzir os impactos negativos de suas atividades.

 

1. Sustentabilidade Tecnológica e Ecologia da Paisagem

A nova atividade rural apresenta o desafio de produzir com tecnologias que causem cada vez menos impactos no ambiente enquanto assegura um nível de produtividade adequado.

Para alcançar metas definidas procura-se selecionar e estabelecer relações das tecnologias, acessíveis ao porte de cada estabelecimento rural, para melhor interação com os ecossistemas onde ocorrem a produção.

 

2. Sustentabilidade Ambiental

Como as atividades agropecuárias, ocupam espaço da vegetação natural, interferindo no habitat dos animais terrestres e nos ecossistemas aquáticos, ela sempre será fator de impacto ambiental.

Então, desenvolver biossistemas produtivos com a redução máxima possível no uso de recursos naturais não renováveis e insumos externos deve ser uma obsessão de todo empreendimento rural.

 

3. Sustentabilidade Econômica

O aumento do valor de empreendimento rural e geração de renda pelas atividades produtivas realizadas, são a base da sustentabilidade econômica. O investimento, então, deve ser direcionado para a produção e na manutenção da competitividade através da busca de produtos com qualidade e diferenciação que sejam percebidos pelo cliente.

 

4. Sustentabilidade Social

Respeitar os direitos trabalhistas, condições seguras de trabalho e a garantia de renda aos trabalhadores rurais são objetivos importantes na busca da sustentabilidade social permitindo a evolução da formação profissional e isenção de qualquer tipo de discriminação.

A aprendizagem organizacional está estritamente ligada a aprendizagem individual, desenvolvendo habilidades, valores, conhecimentos ou comportamentos individuais que colaboram para a boa performance do empreendimento.

 

5. Gestão/Administração

Cada tipo atividade deve ser desenvolvida de maneira a reduzir ao máximo perdas e desperdícios, acompanhando os impactos ambientais, sociais e seus aspectos técnicos, para obter as licenças necessárias para operar, cumprir a lei e estar ciente dos regulamentos estabelecidos.

A aprendizagem organizacional possui ligação direta com a administração dos recursos disponíveis na organização. O gestor deve se capacitar continuamente para obter o melhor desempenho das estruturas, das tecnologias, do capital e da força de trabalho. 

OUTROS TEMAS 

 

sustentabilidade este programa de trabalho irá auxiliar, 

Hiperlink 1

Hiperlink 2

OUTROS TEMAS 

 

sustentabilidade este programa de trabalho irá auxiliar, 

Hiperlink 1

Hiperlink 2

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE

BrasilGAP Consultoria Agropecuária
 

Rua Capitão José Paes de Almeida nº 167

Botucatu – SP – Brasil - Cep: 18.600-971


BrasilGAP © 2018 | Todos os direitos reservados